Laura Vicunha
Pais Atentos
O que sua voz tem revelado sobre você?

O que sua voz tem revelado sobre você?

Existem alguns sinais que indicam se você está usando inadequadamente a sua voz, como, por exemplo, rouquidão frequente

Kátia Reis

Você sabia que a voz é produzida pelas pregas vocais e não pelas “cordas vocais” como é popularmente conhecida? É isso mesmo. Além disso, quanto mais as pregas vocais vibram, mais aguda é a voz. Portanto, uma voz feminina apresenta cerca do dobro de vibrações que a voz do homem.

A nossa voz é um importante instrumento na interação com as pessoas. É por meio dela que transmitimos nossas ideias e partilhamos nossas histórias.

Diariamente, usamos a voz para atingir os mais simples objetivos e não nos damos conta do quanto ela é importante para nós. Podemos vivenciar situações muito interessantes ou desagradáveis, dependendo da forma como a utilizamos.

Ao ouvir a voz de uma pessoa, mesmo sem tê-la visto, criamos uma imagem mental, de acordo com as características percebidas. Logo, imaginamos a sua faixa etária, o sexo, intenções, profissão, estado de espírito etc. Pela entonação, também é possível perceber quando alguém está irritado, chateado ou feliz.

Existem alguns sinais que indicam se você está usando inadequadamente a sua voz, como, por exemplo, rouquidão frequente, esforço e cansaço para falar; vermelhidão no pescoço e linhas marcadas; sentir ardor ao falar ou acordar sem voz.

Caso observe dificuldades na utilização da voz e seus recursos, o profissional (fonoaudiólogo e/ou otorrinolaringologista) deverá ser consultado para uma avaliação precisa.

A fonoaudiologia tem por objetivo prevenir, diagnosticar e tratar os distúrbios da comunicação. A fonoaudióloga Mara Behlau ressalta alguns cuidados diários que podemos adotar em nossa rotina para mantermos uma voz agradável e saudável.

• Beba muita água. Ao bebermos água, hidratamos o nosso organismo e também as pregas vocais. Portanto, elas se movimentarão melhor e mais facilmente.

• Mastigue bem os alimentos. A musculatura da face e da região oral necessita se exercitar para se manter firme e fortalecida. Isso refletirá na forma como articulamos e falamos.

• Coma sempre que puder uma maçã. Além de ser um alimento saudável, apresenta propriedades adstringentes, ou seja, ajuda a limpar a sua voz.

• Espreguice e boceje quantas vezes for possível durante o dia. Este movimento tem o papel de relaxar a musculatura e possibilitar uma respiração mais eficiente.

• Evite chocolates e derivados do leite antes de falar por tempo prolongado. Esses alimentos engrossam a saliva e com isso ocorre um esforço ainda maior para a produção da nossa voz.

• Evite roupas ou golas apertadas. Isso dificultará uma respiração livre.

• Tenha sono regular. Um sono adequado pode fazer toda a diferença no seu dia.

• Fale numa velocidade adequada, ou seja, nem devagar nem depressa.

• Evite pigarrear. Com esse ato as pregas vocais são “agredidas”.

• Evite alterações bruscas de temperatura, ou seja, ingerir alimentos muito quentes ou muito frios.

• Caso tenha refluxo gastresofágico, fique atento, a sua voz pode ser afetada.

• Evite as receitas caseiras para a rouquidão, assim como as pastilhas, sprays e outros. Essas medidas têm uma ação anestésica e, com isso, a tendência é forçar ainda mais a voz enquanto as utiliza, agravando o quadro instalado.

• Pratique esportes para propiciar uma melhor respiração.

• Evite fumo e bebidas alcoólicas. 

Mais importante do que estarmos preocupados com exercícios para manter uma boa voz, faz-se necessário inserir alguns cuidados em nossa rotina. Afinal, toda medida preventiva deve ser muito valorizada e incentivada.

Essas orientações são válidas para toda a família. Pois, muitas vezes, encontramos crianças, desde muito cedo, roucas, e a família considera algo extremamente natural. No entanto, estar rouco não deve ser encarado como algo normal. É necessária uma investigação, a fim de detectar a causa.

Uma criança que não consegue a atenção dos familiares pode gritar frequentemente pelo simples fato de não ser ouvida. Outra causa importante a ser investigada é a dificuldade auditiva.

No dia a dia atribulado, é fundamental que tenhamos um momento para investir em nossa saúde física e mental. Tais cuidados são necessários para toda a família, e caso utilize a voz como ferramenta de trabalho, a atenção deve ser redobrada. É importante conhecer o funcionamento do corpo e realizar atividades que favoreçam o relaxamento.

Para mantermos uma voz adequada e saudável, podemos exercitar também algumas dicas: inspire pelo nariz e expire lentamente, soltando o ar pela boca. Repita por várias vezes. Associe com rotação de cabeça no sentido horário e anti-horário por várias vezes e rotação de ombros. 

Esses exercícios auxiliarão na manutenção de uma respiração mais equilibrada e, portanto, sua voz será beneficiada.

Para prevenir ou amenizar sintomas relacionados à saúde de nossa voz, o fundamental é mantermos hábitos adequados diariamente.

Portanto, respire fundo e mantenha-se atento, pois a sua voz tem muito a revelar sobre você.