25 bons motivos para um futuro melhor

25 bons motivos para um futuro melhor

Um futuro melhor é, sim, possível. Mostramos aqui alguns motivos para acreditar nisso

Fernanda Maranha

 

1.Águias dadas como extintas são vistas novamente na Inglaterra após 240 anos

Por muito tempo, as águias-rabalvas eram consideradas extintas. Em 2001, na Irlanda, a ONG de preservação ambiental Golden Eagle Trust encontrou algumas aves da espécie e soltaram-nas em um parque nacional. Depois de 240 anos desaparecidas da Inglaterra, uma águia-rabalva foi vista voando livremente sobre a cidade de York. (Fonte: Good News Network)

2. Estudantes do Canadá criam linha de telefone de apoio para idosos solitários

Um grupo de estudantes criou uma linha direta especial para idosos ligarem quando precisarem conversar para se animar. O projeto, denominado Joy4All (“Alegria Para Todos”, em tradução livre), consiste em disponibilizar um número de telefone para os idosos ouvirem histórias, poemas, mensagens positivas, meditações e até piadas pré-gravadas, cuja seleção é atualizada regularmente. (Fonte: Inspire More)

3.Estudo mostra exame de sangue que é capaz de detectar câncer precocemente

Um estudo realizado com 10 mil mulheres, publicado pela revista Science, mostrou ser possível detectar precocemente diversos tipos de câncer com base em exames. Batizado de Detect-A, o exame de sangue consiste em uma análise de proteínas, chamadas de marcadores tumorais por serem produzidas por células cancerosas, e de genes que estão envolvidos na malignação de células saudáveis. (Fonte: Folha de S.Paulo)

4. Buraco de 1 milhão de quilômetros quadrados na camada de ozônio se fecha no Ártico

Em fevereiro, cientistas descobriram um buraco na camada de ozônio sobre o Ártico que foi crescendo até atingir mais de 1 milhão de quilômetros quadrados, o maior já registrado. Em abril, o Serviço de Monitoramento Atmosférico Copernicus anunciou que o buraco havia se fechado. A camada de ozônio é responsável por filtrar parte da radiação solar que chega à Terra. (Fonte: UOL)

5. Animais de abrigos estão sendo adotados aos montes nos Estados Unidos

Iniciativas criativas para incentivar as adoções de animais – como por meio das redes sociais ou eventos de adoção no estilo drive-thru – têm sido um sucesso nos Estados Unidos. A cidade de Nova York registrou um aumento de dez vezes no número de solicitações de adoção e, em Los Angeles, foi registrado um aumento de 70% nas buscas por animais. (Fonte: Hypeness)

6.  Pesquisadores desenvolvem vacina contra infecção que mata milhares de pessoas todos os anos

A Universidade de Navarra, na Espanha, anunciou que um de seus pesquisadores havia desenvolvido uma vacina contra shigelose, ou disenteria bacteriana, uma infecção que causa diarreia, dor de estômago e febre, e que atinge de 80 a 165 milhões de pessoas no mundo, anualmente, e que causa cerca de 600 mil óbitos por ano. (Fonte: BBC)

7. É provada a existência de partícula que pode revolucionar a computação

Pesquisa publicada pela revista Science prova, pela primeira vez, a existência de partículas chamadas anyons. Os estudos sobre essas partículas são um avanço importante para a física e para o desenvolvimento de tecnologias futuras, como a computação quântica, que promete revolucionar computadores usando a mecânica quântica para resolver problemas milhões de vezes mais rápido do que as máquinas atuais. (Fonte: BBC)

8. Vida selvagem volta a prosperar na zona do acidente nuclear de Fukushima

Em 2011, um tsunami sacudiu a costa leste do Japão e causou danos à usina nuclear de Fukushima, resultando no pior acidente nuclear desde o desastre de Chernobyl. Nove anos depois, a vida selvagem está voltando a prosperar na região. Apesar de não conseguir avaliar ainda o impacto da radiação nas espécies que lá vivem, especialistas acreditam que o fato é um testemunho da resistência da vida selvagem quando não há pressão humana direta. (Fonte: BBC)

9. Óculos especiais fazem mulher recuperar a capacidade  de enxergar

Uma espanhola de 57 anos voltou a enxergar após dezesseis anos de cegueira graças a um novo dispositivo desenvolvido por pesquisadores. Dotado de uma câmera, o aparelho – uma espécie de óculos – funciona conectado a um computador, que traduz as imagens em sinais eletrônicos, que por sua vez são enviados a um receptor conectado ao córtex visual. (Fonte: Tudo do Bem)

10. Pesquisadores desenvolvem lentes de contato capazes de medir glicemia em diabéticos

Pesquisadores da Pohang University of Science and Technology, na Coreia do Sul, anunciaram o desenvolvimento de lentes de contato que são capazes de medir o nível de glicemia em pessoas com diabetes, sem a necessidade de agulhas. Ainda em fase de testes, com resultados preliminares positivos, as lentes medem a glicemia a partir das lágrimas. (Fonte: Tudo do Bem)

11. Projeto ajuda pessoas com mais de 45 anos a voltar ao mercado de trabalho

O projeto Colab 50 conta com voluntários para preparar profissionais entre 45 e sessenta anos que estão desempregados para voltar ao mercado de trabalho. As pessoas cadastradas realizam cursos de preparação na área de tecnologia e novas formas de trabalho, e a plataforma conta com empresas parceiras do projeto, para onde os profissionais são encaminhados posteriormente. (Fonte: Razões para Acreditar)

12. Pesquisadores brasileiros transformam leite materno em pó, mantendo os nutrientes

Pesquisa realizada na Universidade Estadual de Maringá (UEM) desenvolve forma para que o leite materno seja transformado em pó, sem perder os nutrientes, tornando-se uma alternativa mais econômica e sustentável para bancos de leite. No método desenvolvido, o leite materno congelado doado passa pelo processo de pasteurização no banco de leite e depois é desidratado até virar pó, para ser encaminhado às instituições de saúde. (Fonte: G1)

13. Primeiro mapa superdetalhado mostra nova perspectiva da superfície da Lua

Chamado de Mapa Geológico Unificado da Lua, um mapa superdetalhado da superfície lunar, com topografia e tipo de solo, foi divulgado pela Nasa, pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) e pelo Instituto Lunar Planetário. O plano detalhado combina informações colhidas pelas missões Apollo norte-americanas nas décadas de 1960 e 1970 com observações modernas feitas por satélites e pode servir de guia para futuras missões. (Fonte: G1)

14. Movimento transforma lixo em renda para cooperativas de catadores

O Instituto Limpa Brasil realiza diversas ações de conscientização sobre o descarte correto do lixo e milhares de mutirões de limpeza, com mais de 500 mil voluntários em diversas áreas, em todo o país. As ações da instituição já geraram mais de dezoito toneladas de resíduos enviados para famílias que vivem da reciclagem. (Fonte: Razões para Acreditar)

15. Pesquisadora brasileira desenvolve novo tratamento para o câncer de ovário

Pesquisa desenvolvida por uma cientista de Minas Gerais pode tornar menos agressivo e mais eficaz o tratamento contra o câncer de ovário. A descoberta consiste em um composto à base de paládio, um metal que age diretamente na enzima relacionada à reprodução das células cancerígenas, minimizando os efeitos colaterais do tratamento tradicional. (Fonte: Razões para Acreditar)

16. Grupo projeta filmes em fachada de prédio para moradores verem de casa

Em Salvador, um grupo teve a ideia de entreter os vizinhos com um cinema projetado na fachada de um prédio. A ideia surgiu no período de isolamento social e foi batizada de Cine Janela. As projeções acontecem diariamente e também são transmitidas pela internet para quem não mora na região. (Fonte: G1)

17. Coalas resgatados em grande incêndio na Austrália voltam à natureza

Três meses após o grande incêndio florestal que destruiu milhões de hectares na Austrália, alguns coalas resgatados das chamas estão finalmente sendo reinseridos na natureza. A fundação Science for Wildlife reintroduziu gradualmente os animais salvos à natureza, em um parque nacional. (Fonte: G1)

18. Projeto cria drones para reflorestar áreas desmatadas

Chamado de Dronecoria, o projeto de uma empresa espanhola consiste em drones que despejam sementes em locais degradados. No Brasil, graças a uma parceria da empresa criadora do projeto com professores da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), um drone gigante, com 1,5 metro de diâmetro e seis motores, já está em fase de testes. (Fonte: G1)

19. Após começar a estudar com livros achados no lixo, gari recebe diploma de doutorado

Aos 18 anos, o cearense Cícero Rodrigues Ferreira recolhia livros jogados em sacolas plásticas e caixas de papelão para estudar, enquanto trabalhava como gari. Depois de 21 anos dedicados à limpeza pública e dividindo o trabalho com as salas de aula, Cícero conquistou o diploma de doutorado em teologia. (Fonte: G1)

20. Sudão torna crime a prática de mutilação genital feminina

O governo do Sudão aprovou uma lei que criminaliza a mutilação genital feminina. Até então, nove em cada dez meninas eram vítimas da prática no país. A proibição condena qualquer profissional que realize a mutilação com pena de três anos. Um marco na história, a conquista é uma vitória para mulheres e ativistas que há anos lutam contra o ato. (Fonte: Revista Glamour)

21. Pesquisadoras brasileiras vencem maior prêmio de conservação ambiental do mundo

Duas renomadas cientistas brasileiras receberam recentemente o maior prêmio de conservação ambiental do planeta, o Whitley Awards, conhecido como o “Oscar Verde”. Patrícia Médici e Gabriela Cabral Rezende, pesquisadoras da ONG IPÊ, Instituto de Pesquisas Ecológicas, receberam duas premiações distintas por suas contribuições à causa sustentável e por inspirar aqueles que lutam pelo meio ambiente. (Fonte: Razões para Acreditar)

22. Pizzaria usa embalagem para divulgar fotos de animais que precisam de lar

Uma pizzaria de Nova York, nos Estados Unidos, tem colocado em suas embalagens de entrega fotos de cachorros e gatos que precisam ser adotados. Com a frase "Me adote!", cada caixa de entrega de pizza vem com a foto do cachorro, o nome, idade e o local onde ele está disponível para adoção. Além disso, quem adota um dos animais ganha cinquenta dólares para gastar na pizzaria. (Fonte: G1)

23. Paquistão contrata desempregados para plantar árvores

O governo do Paquistão está contratando pessoas desempregadas para trabalhar plantando árvores. A iniciativa faz parte do programa Um Tsunami de 10 Bilhões de Árvores, que acontece desde 2018 e visa reflorestar o país e trazer uma resposta às mudanças climáticas. (Fonte: Razões para Acreditar)

24. Projeto ajuda a empregar moradores de comunidade em São Paulo

Criado por uma pedagoga paulista, o projeto Emprega Comunidades, conhecido também como “LinkedIn da Favela”, conecta os moradores e candidatos de Paraisópolis, comunidade de São Paulo, a potenciais empregadores. Em dois anos de existência, a iniciativa já fez mais de  setecentas pessoas ingressarem no mercado de trabalho. (Fonte: Época Negócios)

25. Brasileira cria absorvente biodegradável feito com fibra de banana

Estudante da Universidade Federal do Paraná (UFPR) criou um absorvente interno produzido a partir da fibra de banana, que é um material biodegradável. A invenção, que rendeu à universitária o prêmio alemão iF Design Talent Award, de 2019, tem como objetivo solucionar um problema recorrente das mulheres em situação de rua. (Fonte: G1)